Darci Fioravante recebe homenagem póstuma do Prêmio Brasil mais inclusão

O Conselho Deliberativo do Prêmio Brasil Mais Inclusão 2017 concedeu homenagem póstuma na categoria “Personalidades e Entes Federados” à esposa do Presidente da Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais (Feapaes-MG) e Deputado Federal Eduardo Barbosa, Darci Fioravante Barbosa, ex-superintendente da Apae Belo Horizonte e Consultora Técnica da Feapaes-MG, falecida em acidente de automóvel no dia 30 de julho.

O Conselho Deliberativo do Prêmio Brasil Mais Inclusão 2017 concedeu homenagem póstuma na categoria “Personalidades e Entes Federados” à esposa do Presidente da Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais (Feapaes-MG) e Deputado Federal Eduardo Barbosa, Darci Fioravante Barbosa, ex-superintendente da Apae Belo Horizonte e Consultora Técnica da Feapaes-MG, falecida em acidente de automóvel no dia 30 de julho.

Na reunião desta quarta-feira (9), a Segunda Secretária da Câmara, Mariana Carvalho (RO), pediu um minuto de silêncio e anunciou a homenagem. Além da concessão do prêmio especial, a partir do próximo ano, ele passa a se chamar Darci Barbosa.

“Em homenagem ao seu trabalho e sua história”, disse a deputada. Ela reiterou o carinho e a gratidão pela história de vida e trabalho em prol das pessoas com deficiência. “Aqui é um exemplo de luta e hoje retribuímos com essa singela homenagem à nossa querida Darci”, disse a parlamentar.

Emocionado, Eduardo Barbosa disse da surpresa em receber essa homenagem – com o aval de todos os membros da Comissão – e dos que votam o Prêmio Brasil Mais Inclusão. “São esses gestos que demonstram que companheirismo não passa em vão. Desde que voltei tenho recebido o carinho de todos”, reiterou.

Reafirmando a surpresa com tantas manifestações de carinho, disse que elas o fazem se sentir reconstituído. Para ele, a sensação é de ter perdido o par: “perdi meu par e eu nem sabia que vivia pareado mesmo”, disse. Em breve eles fariam 35 anos de casados.

O parlamentar lembrou que foi Darci quem o levou para o movimento das Apaes. E, além disso, sempre o abastecia com os novos conceitos, informando os avanços que ocorriam nas áreas relacionadas a pessoas com deficiência, inclusive no exterior.

“Ela me abastecia, me atualizava no dia a dia e muitas defesas que fiz aqui eram inspiradas por ela”, afirmou.

Fonte: PSDB na Câmara

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Todo direito reservado - APAE-BH 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?