Serviço Social: porta de entrada da APAE-BH

Muitas pessoas perguntam como fazer para que seu filho, amigo, familiar ou vizinho seja atendido em algum serviço oferecido pela APAE-BH. Primeiramente, é importante saber que a APAE é uma instituição que tem como público-alvo a pessoa com deficiência intelectual e/ou múltipla (física e intelectual) ou autismo.

A porta de entrada da instituição é o setor de assistência social e se dá das seguintes formas:

  • Por demanda espontânea – quando os familiares ou amigos buscam a APAE-BH por iniciativa própria, sem encaminhamento de outros órgãos ou por encaminhamentos feitos pelo Serviço de Assistência Social do município, Conselho Tutelar, Sistema de Garantia de Direitos, dentre outros órgãos do município;
  • Por encaminhamento feito pelo Serviço de Regulação do Município, através do seu centro de saúde de referência, quando se trata de tratamento específico de reabilitação.

Quando a demanda é espontânea, o primeiro passo é ligar para o telefone 031- 3489-6930 e marcar um horário com a assistente social da instituição.

O acolhimento da família é feito de maneira reservada pela assistente social, quando são observadas as principais queixas e expectativas, além de se obter outras informações relevantes sobre a pessoa com deficiência e sua família. É importante esclarecer que esta fase de acolhimento tem o objetivo de atender os usuários e suas famílias de forma atenta e qualificada para conhecer o perfil, as necessidades e vulnerabilidades por eles apresentadas.

A partir dessa “escuta qualificada”, se a pessoa se encaixar no perfil de público da APAE-BH, a assistente social a encaminhará para Avaliação Multidimensional, realizada por equipe multidisciplinar da entidade, composta por assistente social, psicólogo, pedagogo, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e terapeuta ocupacional.

Vale lembrar que dificuldade de aprendizagem, como déficit de atenção, e transtornos mentais, por si só, não caracterizam deficiência intelectual e, portanto, não fazem parte do perfil do usuário da APAE-BH. Nesses casos, as famílias são acolhidas e depois encaminhadas à rede de serviços disponíveis no município.

A APAE-BH oferece às pessoas com deficiência intelectual e múltipla e/ou autismo os seguintes serviços:

  • Educação: Escola Oficina Sofia Antipoff,
  • Assistência Social: Trabalho, Emprego e Renda e Centro Dia “Para e Pelo Lazer”;
  • Saúde: Clínica Intervir

Nathalia Barros – Assistente Social da APAE BH

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Todo direito reservado - APAE-BH 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?