Vivências Profissionais

Um das ações desenvolvidas pela Gerência de Trabalho, Emprego e Renda, da Apae-BH, é o projeto Vivências Profissionais, que tem o objetivo de proporcionar a seus usuários mais conhecimentos sobre os vários tipos de profissões, identificando vocações e incentivando a descoberta de novos desejos e preferências.

O projeto propõe visitas guiadas, quando são apresentadas as diversas profissões, como forma de expansão da aprendizagem. Essa atividade vem acontecendo nos Grupos Operativos e conta com a participação da equipe técnica, formada por psicóloga, terapeuta ocupacional e fonoaudióloga.  Segundo a Gerente de Trabalho, Emprego e Renda, Izabella Paulino, desta maneira, o ingresso da pessoa com deficiência intelectual no mercado de trabalho será mais satisfatório e adequado ao seu perfil vocacional.

No inicio desta semana, os usuários tiveram a oportunidade de visitar o Clube Jaraguá, localizado na Pampulha, quando conheceram alguns postos de trabalho e conversaram com os funcionários sobre o funcionamento de cada setor. A roda de conversa realizada no clube, contou com a participação dos setores de Recursos Humanos, Contratos, Segurança do Trabalho, de monitores, recepcionista e do chefe do setor de limpeza, bem como Guarda-Vidas, entre outros.

Warley Márcio, responsável pelo setor de limpeza do clube, falou sobre a felicidade de receber os usuários da Apae-BH no clube e se surpreendeu com o interesse deles pelo conhecimento de novas profissões e oportunidades. “Tivemos a oportunidade de ampliar as visões e perceber que as pessoas com deficiência podem ser incluídas no mercado formal de trabalho”, disse.

Ao final da visita, Maria de Fátima Leite e Ana Carolina da Cruz Lessa agradeceram, em nome da APAE-BH, a oportunidade oferecida pelo clube. Maria de Fátima destacou a felicidade de ver novas oportunidades para as pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla e de constatar que todos têm habilidades e limitações; e afirmou: “Eu tenho deficiência intelectual e sou capaz de trabalhar em um lugar maravilhoso como esse e em diversos lugares daqui. Estou muito feliz de estar conhecendo o clube”.

Em seguida, o clube disponibilizou um espaço recreativo, onde os usuários da Apae-BH desfrutaram das quadras, da piscina e tiveram um agradável momento de lazer.

A Apae de Belo Horizonte agradece a direção do Clube Jaraguá e convida outros clubes e empresas a oferecerem uma oportunidade como esta às pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

Izabella Paulino
Gerente do Programa Trabalho, Emprego e Renda

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Todo direito reservado - APAE-BH 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?