Apae-BH promove Capacitação Inicial para colaboradores de novo serviço

Durante a última semana, os colaboradores que irão trabalhar no Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias – Atendimento em domicílio, estiveram na Apae de Belo Horizonte para receberem as boas-vindas e a Capacitação Inicial para implantação do serviço e início das atividades.

O treinamento foi organizado pelas equipes de Assistência Social da Apae-BH e da Média Complexidade da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, através das Gerências de Gestão de Média Complexidade / GGSMC, juntamente com a Gerência de Gestão do Trabalho e Educação Permanente / GGTEP, e teve como objetivo apresentar aos novos contratados os conteúdos essenciais para atuação no serviço, informações importantes sobre a Política de Assistência Social, bem como a parceria entre a Apae-BH e a Prefeitura de Belo Horizonte.

Participaram do evento 41 profissionais, como terapeutas ocupacionais, psicólogos, assistentes sociais, cuidadores sociais, supervisores de cuidadores, auxiliares administrativos, assistentes de departamento de pessoal, auxiliares de serviços gerais, motorista. Ainda serão admitidos, gradativamente, mais 74 cuidadores sociais. Além das palestras, os funcionários participaram de debates e dinâmicas de grupo.

Na solenidade de abertura, os colaboradores foram recebidos pela Presidente da Apae-BH, Sra. Judith Maria de Magalhães Monteiro, que comentou sobre o sentimento de acolhida e aconchego que todos devem ter, pois irão trabalhar com pessoas muito vulneráveis. “O papel de vocês é, também, levar alegria para os usuários do serviço, com um olhar carinhoso, de coração aberto, para aceitar e entender essa pessoa”, ressaltou a presidente. Ela encerrou, dizendo que é muito importante que todos tenham espírito apaeano. “Muito mais do que cuidar, é preciso ter esse olhar”, finalizou.

Após as palavras da Sra. Judith, recebemos o Sr. José Ferreira da Crus, Subsecretário Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Belo Horizonte, que comentou estar muito feliz pelo início desse importantíssimo trabalho em parceria com a Apae-BH e em acolher os colaboradores. “Estamos tendo a honra, na Prefeitura de Belo Horizonte, de ampliar a proteção social às famílias. Implementar esse serviço é muito caro, importante e essencial”, comentou.

Em seguida, o Sr. Valter Henrique Veiga Macedo, Superintendente da Apae-BH, apresentou as equipes de gestão e de assistência social da instituição e afirmou: “estamos muito felizes e é com muita satisfação que recebemos vocês para esse trabalho. Queremos ser referência no país.”

O trabalho desenvolvido pela instituição, bem como o vídeo institucional, foram apresentados aos novos colaboradores pela Sra. Cyntia Mansur, Gestora de Relações Institucionais e Mobilização de Recursos da Apae-BH. Ela comentou que a organização realiza um trabalho muito importante, desafiador e de muita responsabilidade, destacando que “a filosofia de trabalho da instituição vai muito além do cuidar. Temos que ter um olhar generoso, com muito respeito a todas as pessoas que atendemos.”

Contamos, também, com a presença da Sra. Maria Tereza Feldner, Vice-Presidente da Apae de Belo Horizonte e Procuradora Jurídica da Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais, que ministrou uma palestra sobre os princípios do Movimento Apaeano, a diferença entre a instituição Apae, do terceiro setor, e uma empresa privada, além das regras e deveres da instituição. “Somos únicos, independentes e autônomos”, afirmou, acrescentando que todas as ações dos colaboradores devem ser pautadas pela missão da Apae e com consciência sobre a importância do Movimento Apaeano.

Para encerrar a cerimônia, o Sr. Wagner Ferreira, Gerente de Recursos Humanos da Apae-BH, falou sobre os direitos e deveres dos colaboradores, abordando assuntos como: controle de frequência, atestado médico, jornada de trabalho, pagamento de salários/insalubridade, benefícios, férias, procedimentos internos, entre outros.

Ao longo da semana, contamos também com a participação dos palestrantes Eliane Rodrigues da Silva, Ana Cláudia Rosa Pimenta de Matos, Marcel Belarmino, Sandra Mallet, Luiz Villani, Geisa Moreira e Jucilene Carneiro, todos da Prefeitura de Belo Horizonte, além da Dra. Eliane Albuquerque professora da PUC Minas e médica do Hospital Regional de Betim. Todos, sem exceção, contribuíram muito para o enriquecimento e sucesso do evento, compartilhando seus conhecimentos com os presentes.

Os gerentes do Centro Especializado em Reabilitação Antônio de Oliveira – CER IV, Aline de Oliveira (reabilitação física e oficina ortopédica), Dayane Leal (reabilitação visual e auditiva) e Jeyverson Mendes (reabilitação intelectual), também apresentaram informações muito relevantes sobre suas respectivas áreas de atuação profissional.

Em suas palestras, as gerentes do serviço social da Apae-BH abordaram temas diversos. Poliana Reis, Gerente do Serviço em Domicílio, falou sobre a importância da humanização do atendimento das pessoas com deficiência, idosas e suas famílias; e Alina Braga, Gerente do serviço Casa Lar, explicou a importância de acolher bem os cuidadores de pessoas com deficiência e idosos. Já Sanderleia Rodrigues, Gerente do Centro Dia, falou sobre a qualidade de vida como promoção da autonomia, inclusão e participação social, com foco nas experiências de sua área.

Para fechar os treinamentos, a Sra. Mayra Camilo, Gestora de Assistência Social da Apae de Belo Horizonte, ministrou uma palestra sobre as atribuições dos cargos e o funcionamento do serviço. De acordo com a gestora, “a capacitação foi de extrema relevância, pois o objetivo principal foi apresentar conteúdos essenciais para atuação no serviço, assim como introduzir a Política de Assistência Social aos novos colaboradores”. Mayra comentou que é uma grande satisfação assumir esse serviço para pessoas com deficiência, idosas e suas famílias, em parceria com Prefeitura de Belo Horizonte e concluiu: “temos um grande desafio, mas com certeza irá enriquecer a nossa prática.”

Jucilene Carneiro Moreira, Analista de Políticas Públicas da Prefeitura de Belo Horizonte, Assistente Social e Coordenadora do Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e Suas Famílias, afirmou ter certeza de que o novo serviço será um sucesso, garantindo os direitos dessas pessoas no município de Belo Horizonte.

Em seguida, uma surpresa! Recebemos o grupo de atores do Teatro MOBS (Teatro de Mobilização Social), da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania de Belo Horizonte, para uma apresentação muito alegre e descontraída, com os atores Janaína Starling, André Maurício e Camilo Lélis arrancando sorrisos da equipe.

Segundo Janaína, coordenadora do projeto, o trabalho é levar informação, questionamentos, alegria, poesia e beleza para o público, mobilizando-o através do teatro. Ela comentou que foi um prazer estar na Apae-BH e contribuir com a capacitação dos profissionais. “A Apae-BH é uma instituição que admiramos e que tem uma história muito bacana. Esperamos voltar em breve!”

Durante a capacitação foi oferecido um delicioso lanche preparado pelos usuários do serviço Trabalho, Emprego e Renda, da Apae-BH.

O encerramento do evento ficou por conta da Banda Apaetucada, formada por usuários da instituição, que deram um show de talento e carisma!

 

O SERVIÇO

O Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias – Atendimento em Domicílio é em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania. A Apae de Belo  Horizonte venceu o chamamento público para a execução desse importante serviço ligado ao CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social.

A meta é atender, em domicílio ou em caráter continuado, aproximadamente 450 pessoas com deficiência e idosos, dependentes ou semi-dependentes, bem como aqueles cuja dependência tenha sido agravada por violação de direitos, além de suas famílias.

Os principais objetivos da implantação deste serviço são:

  • Promover a autonomia e a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência, idosas com dependência, de seus cuidadores e de suas famílias;
  • Desenvolver ações especializadas para a superação das situações de violação de direitos, que contribuem para a intensificação da dependência;
  • Evitar o abrigamento e a segregação dos usuários, assegurando-lhes o direito à convivência familiar e comunitária;
  • Promover o acesso dos usuários a benefícios, programas de transferência de renda e outros serviços socioassistenciais das políticas públicas setoriais e do Sistema de Garantia de Direitos;
  • Apoiar as famílias na tarefa de cuidar, diminuindo a sobrecarga de trabalho e utilizando meios de comunicação e cuidados que visem à autonomia dos envolvidos e não somente cuidados de manutenção;
  • Acompanhar o deslocamento, viabilizar o desenvolvimento do usuário e o acesso a serviços básicos, tais como: bancos, mercados, farmácias, etc., conforme suas necessidades;
  • Evitar o isolamento social;
  • Prevenir situações de sobrecarga e desgaste de vínculos provenientes da relação de prestação/demanda de cuidados permanentes e/ou prolongados.

A abrangência do serviço é municipal, por regional administrativa no âmbito do município, e funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, tendo, no entanto, atividades que podem acontecer aos sábados.

 

Acesso ao serviço

O serviço poderá ser obtido por meio de:

  • Demanda espontânea de membros da família e/ou da comunidade;
  • Por encaminhamento dos serviços socioassistenciais e das políticas públicas setoriais;
  • Por encaminhamento dos órgãos do Sistema de Garantia de Direitos.

 

Crédito: Assessoria de Comunicação Apae-BH

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Todo direito reservado - APAE-BH 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?