Waldinei sem a prótese

Waldinei com a super prótese!

Vocês se lembram de que na semana passada vários usuários do CER IV Contagem/APAE BH foram até o local para realizarem os moldes para a confecção e adaptação das próteses oculares? Na ocasião, com quase 50 anos de experiência, o protético Claudio avaliou individualmente os usuários e definiu qual o modelo e a cor ideais para a confecção da prótese de cada um deles.

São homens e mulheres que nasceram sem enxergar, alguns tiveram glaucoma ou outras doenças que provocaram a degeneração ocular, já outros perderam a visão por conta de algum acidente.

Nelson sem a prótese

Nelson com a prótese. Vejam que arraso!

Nesses casos, são indicadas próteses ou lentes esclerais como forma de preencher o vazio deixado pela perda do globo ocular. As próteses são meios muito eficientes de devolver às pessoas a autoestisma e o bem-estar comprometidos pelo olho atrófico e pela córnea opaca.

Hoje, sete dias depois das medições, os usuários voltaram ao CER IV para receberem suas próteses, que foram fornecidas a todos de forma absolutamente gratuita. O pastor Nelson Fernandes não se conteve de tanta alegria. Ele, que na semana passada desabafou, dizendo que queria usar prótese porque “as pessoas prestam muito mais atenção ao nosso defeito do que em nós”, saiu de lá aliviado e orgulhoso do belo par de olhos que hoje exibe.

Auxílios ópticos

Wellington com seu novo telescópio!

Wellington com sua lupa! Nenhum detalhe vai passar em branco!

Além das próteses, hoje também foi dia de entrega de auxílios ópticos a alguns usuários. Foram entregues telescópios e lupas, todos prescritos pela médica oftalmologista do CER IV, especialista em baixa visão, Carolina Milagres. Antes de receberem os equipamentos, os usuários passaram por treinamento para a correta utilização dos equipamentos com a pedagoga Vilma Nogueira.

Com seu novo telescópio, Joel nunca mais vai pegar o ônibus errado!

Agora Valderlei não vai ter mais desconforto para assistir TV!

Dentre os vários usuários que estiveram hoje no CER IV para buscar seus auxílios, estava Joel, que recebeu um telescópio que amplia em seis vezes a visão normal. “Agora nunca mais vou pegar o ônibus errado”, brinca. Já o Valderlei ficou feliz da vida, pois com a utilização dos óculos MaxTV vai conseguir assistir à TV confortavelmente do sofá, sem precisar colar o rosto na telinha.

Todas as entregas foram acompanhadas e checadas pela gerente da modalidade Visual do CER IV, Ana Carolina Santos.

Histórico
Esta foi a primeira vez na história que pessoas com deficiência visual das cidades de Contagem, Sarzedo e Ibirité que necessitam do uso de próteses oculares receberam OPMs visuais (órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção) gratuitamente de um equipamento público. Todos esses usuários passaram antes pela Unidade Básica de Saúde, em seguida toda a documentação foi encaminhada ao Centro de Autorização de Procedimentos em Saúde – CEAPS em Contagem. De lá, receberam autorização da Junta Reguladora Municipal para serem atendidos no CER IV Contagem.

©2021 Apae-BH. Desenvolvido por Sintext.

Navegue pelo site:
Share This

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?