Aprendemos a praticar a não violência pouco a pouco, uma escolha por vez, e um dia de cada vez. Através de nossas escolhas e ações não-violentas diárias o espírito de coragem e nobreza dentro de cada um de nós se expressa nas habilidades, sabedoria e caráter de um ser humano não- violento. Assim é que cada um de nós, de nossa maneira particular, leva o mundo na direção da paz.

Durante 64 dias, a partir de hoje, faça cada uma dessas ações. É assim que transformamos a nós mesmos e o mundo: num dia de cada vez.

Pessoal

A não violência começa por aprendermos como ser menos violentos e mais compassivos com nós mesmos. Aprendemos criando coragem para falar e agir com respeito, honrando e reverenciando nosso próprio ser.

Dia 1 – Coragem
Eleonor Roosevelt nos incitou: “Vocês devem fazer as coisas que pensam que não conseguem fazer. “Praticar estas 64 maneiras será um desafio a fazer coisas que você pensa não ser capaz de fazer.
-> Hoje acenda uma vela e aceite a coragem de praticar 64 maneiras de viver de forma não-violenta.

Dia 2 – Sorriso
O mestre Budista Thich Nhat Hanh disse: “Se em nossa vida diária pudermos sorrir, não apenas nós mesmos, mas todos ganharão com isso. Este é o tipo mais básico de trabalho pela Paz”.
-> Hoje partilhe um sorriso com ao menos três pessoas, sabendo que seu sorriso contribui para a paz.

Dia 3 – Apreciação
Louise Hay diz “Aprecie-se o mais que puder… O amor em nossa vida começa conosco mesmo… Amar a si mesmo ajudará a curar este planeta”.
-> Escreva dez coisas que você aprecia em você mesmo. Leia em voz alta o que escreveu.

Dia 4 – Importar-se
Segundo Peter McWilliams, “Não violência em relação a si mesmo é importar-se consigo mesmo. Amor próprio é o coroamento do sentido de valor próprio… E o que os gregos chamam de reverência pelo ser”. Não basta falar, é preciso agir.
-> Faça uma lista de pelo menos cinco maneiras pelas quais você poderia cuidar melhor de si mesmo. Ponha pelo menos uma em prática hoje mesmo.

Dia 5 – Acreditar
O escritor Wayne Dyer escreve sobre o impacto que nossas crenças exercem sobre a vida diária.
-> Hoje acredite que você possui todos os recursos necessários para levar a sua vida na direção da paz. Esteja atento às demonstrações simples de respostas pacíficas que você receber.

Dia 6 – Simplicidade
A simplicidade é um convite à pacificação.
-> Pense em três maneiras de simplificar a sua vida e ponha pelo menos uma em prática hoje mesmo.

Dia 7 – Educação
O conhecimento fortalece sua convicção e aprofunda sua sabedoria e compreensão. Aprenda sobre o poder da não violência estudando a respeito.
-> Leia artigos, revistas ou um livro; veja um filme ou vídeo sobre assuntos relacionados à não não violência. Aprenda sobre direitos humanos, diversidade, ecologia, história, política, perdão, espiritualidade, paz, biografias de heróis e muito mais.

Dia 8 – Cura
A escritora, poeta, ativista e professora Maya Angelou transformou uma experiência traumática de infância num catalisador para criatividade e realização.
-> Hoje, escolha um evento traumático de sua vida e descubra a “dádiva” que isso lhe proporcionou. Partilhe esse dom com outras pessoas no dia de hoje.

Dia 9 – Sonho
Martin Luther King tinha um grande sonho. Qual é o seu sonho de paz?
-> Escreva. O que você pode fazer para honrar esse sonho? Faça isso hoje.

Dia 10 – Fé
Quando César Chavez organizava trabalhadores rurais, ele os desafiava a dizer “Si, se puede” (Sim, é possível) quando não sabiam como vencer um determinado obstáculo.
-> Hoje diga: “Sim, é possível ; mesmo que você não saiba como chegar a seu objetivo. Tenha fé e diga: Sim, é possível, até que encontre o carrinho.

Dia 11 – Contemplação
Por pelo menos 3 minutos relaxe, respire e deixe sua mente se alimentar de tudo que é bom e belo. A escritura sagrada diz: “Como o homem pensa em seu coração, assim ele será”.

Dia 12 – Terra
Gandhi disse: “Esquecer como se cava o chão e cuidar da terra é esquecer- se de nós mesmos”. Black Elk disse: “Alguma pequena raiz da árvore sagrada ainda vive. Alimente-a, que ela possa vicejar e florescer e carregar- se de pássaros canoros”.
-> Hoje, plante uma semente na terra ou cuide de uma planta.

Dia 13 – Criatividade
A pior coisa que se pode fazer para a uma alma é suprimir seu desejo natural de criar. Identifique ao menos 5 maneiras pelas quais você expressa sua criatividade todos os dias.
-> Hoje deixe que algo imprevisível e alegre se expresse através de você.

Dia 14 – Humildade
Errar é parte integrante do aprendizado e do crescimento.
-> Hoje, admita abertamente ao menos um erro que cometeu e reflita alguns minutos sobre o que aprendeu.

Dia 15 – Reverência
O ambientalista John Muir disse: “Todos precisamos da beleza, assim como do pão, lugares onde brincar e onde rezar, onde a natureza pode nos curar, alegrar e fortalecer o corpo e a alma”.
-> Hoje, dê uma volta lá fora e perceba a beleza em volta, acima e abaixo de você.

Dia 16 – Gratidão
Em seu programa, Oprah Winfrey frequentemente promoveu a prática diária da gratidão.
-> Comece o dia listando cinco coisas pelas quais você é grato e termine o dia partilhando com alguém as coisas boas que aconteceram hoje.

Dia 17 – Integridade
Faça o que é correto. Spike Lee usou estas palavras para dar título a um filme.
-> Quando tiver que escolher hoje, ouça a voz da consciência. Você sabe o que é certo. Faça.

Dia 18 – Liberdade
A ativista dos direitos civis Diane Nash disse: “A liberdade, por definição, é a gente perceber que somos nosso próprio líder”: Assuma um papel de liderança em sua própria vida hoje. Encontre uma forma de expressar melhor quem você realmente é.

Dia 19 – Aceitação
“Ressentimento, medo, crítica e culpa causam mais problemas que qualquer outra coisa”, diz Louise Hay.
-> Hoje, tome a decisão de não se julgar (nem aparência, nem capacidade, nem expressão). Veja como você é único, amoroso, capaz e brilhante! Aceite-se exatamente como é.

Dia 20 – Perdão
Quando você se julga, tende a acreditar que você é aquilo que fez ou deixou de fazer; o que tem ou deixa de ter. Sabendo que você é algo maior que tudo isso, perdoe-se por esquecer o bem que existe dentro de você.

Dia 21. Inspiração
Pense em ao menos duas pessoas que para você são um exemplo de não violência. O que você admira nelas?
-> Pratique esses comportamentos hoje para que outras pessoas possam receber esta inspiração.

Dia 22 – Missão
“Minha vida é minha mensagem”, disse Gandhi. Escreva a mensagem que você quer para sua vida. Pense em ao menos uma forma de demonstrar, através da ação, que você luta peles seus princípios.
-> Faça uma ação hoje.

Dia 23. Oração
“A oração vinda do coração pode conseguir o que nada mais no mundo consegue”, disse Gandhi.
-> Comece e termine o dia com uma oração pela paz. Que a paz comece por você.

Interpessoal
Para criar um mundo pacífico, devemos aprender a praticar a não violência uns com os outros nas interações do dia a dia.

Dia 24 – Harmonia
Hoje escolha não se envolver em nenhum tipo de fofoca. Isso contribui para a harmonia. Hoje decida ver o bem nos outros em vez de procurar os defeitos.

Dia 25 – Amizade
Para o humorista Will Rogers as pessoas desconhecidas eram simplesmente amigos que ele ainda não conhecera. Veja aqueles que você encontrar hoje sob esta perspectiva. Tenha mais um conhecido.

Dia 26 – Respeito
Gandhi ensinava que “A linguagem é um reflexo exato do caráter e formação daquele que fala”.
-> Hoje, respeite a você mesmo e aos outros escolhendo não usar linguagem grosseira ou ofensiva.

Dia 27 – Generosidade
Madre Teresa dizia que “Há uma pobreza escondida que é mais generalizada que a falta de dinheiro. É a pobreza do coração”.
-> Encontre três maneiras de dispor generosamente do seu tempo, atenção e recursos em favor dos outros.

Dia 28 – Ouvir
Hoje, pare de fazer o que está fazendo e tire cinco minutos para ouvir aos sentimentos atrás das palavras daquele que está falando com você. Esteja totalmente presente no diálogo e interesse-se pelo que a pessoa está dizendo.

Dia 29 – Perdoar
Perdoar não é relevar um comportamento ofensivo. Quando percebemos que há algo dentro de nós mais importante que essa ofensa, ficamos livres para esquecer o passado e avançar em nossa vida.
-> Hoje escreva uma carta para perdoar alguém. Não é necessário colocar nos Correios.

Dia 30 – Fazer as pazes
-> Faça as pazes hoje. Peça desculpas a alguém que você tenha magoado e seja sincero em suas intenções.

Dia 31 – Elogio
Sentir-se apreciado ajuda as pessoas a crescer.
-> Elogie ao menos três pessoas hoje pelas suas qualidades pessoais, conquistas, ou ajuda solícita.

Dia 32 – Paciência
Segundo César Chavez “Não violência não é inação… É trabalho duro… É a paciência para vencer”. Quando seus planos parecem ter sido adiados, escolha ser paciente identificando ao menos três modos de usar construtivamente esse tempo para fomentar seus objetivos.

Dia 33 – Reconhecimento
-> Diga hoje a alguém o quanto ele ou ela são importantes para você. Que este seja um dia em que as pessoas não passem desapercebidas.

Dia 34 – Amor
Gandhi escreveu: “A não violência se baseia no pressuposto de que a natureza humana… invariavelmente reage aos avanços do amor”.
-> Hoje, concentre-se naquilo que você mais aprecia na pessoa que você menos gosta.

Dia 35 – Compreensão
Thich Nhat Hanh diz: “Quando você compreende, não há como não amar… Pratique olhar para todos os seres vivos com um olhar compassivo”.
-> Mande um pensamento silencioso de amor para dez pessoas hoje. Partilhe sua experiência com alguém.

Dia 36 – Atenção
Se simplesmente agirmos em todos os momentos com serenidade e atenção, cada minuto da vida é uma obra de arte. Perceba a motivação por trás de seus atos, a intenção por trás de suas palavras, e as necessidades e experiências de outras pessoas. Fazendo isso você estará tornando a vida mais bela para as outras pessoas.

Dia 37 – Gentileza
Quando estiver dirigindo hoje, diminua a velocidade e dê passagem a alguém. Pare e deixe os pedestres passarem.

Dia 38 – Bondade
Todos os dias ouvimos falar de atos de violência sem sentido ou explicação. Participe da contra revolução de bondade iniciada por Anne Herbert.
-> Faça três gestos de bondade hoje.

Dia 39 – Diálogo
Marianne Williamson descreve uma sociedade saudável como aquela em que “As pessoas que discordam podem fazê-lo com honra e respeito às opiniões alheias, conscientes da sua condição humana partilhada”. Em Desiderata, Max Ehrmann diz: “Fale sua verdade serena e claramente e ousa os outros”.
-> Hoje, fale o que pensa, mas não entre no espírito da argumentação.

Dia 40 – Unidade
As diferenças emprestam variedade à vida e de qualquer modo elas estão apenas na superfície.
-> Hoje, procure três formas de ver além das diferenças externas em opiniões, aparências e metas. Encontre o ponto de encontro na unidade subjacente que existe na diversidade.

Dia 41 – Abertura
Diz um provérbio Turco: “Aquele que constrói uma cerca em volta de si, deixa mais pira fora do que para dentro”.
-> Hoje, esteja aberto para entender ideias e pessoas às quais você se opôs no passado.

Dia 42 – Consciência
Em situações de conflito, a consciência pessoal nos permite assumir responsabilidade pela nossa contribuição para o conflito.
-> Hoje, assuma responsabilidade pelo modo como você contribui para o conflito e faça uma escolha diferente, que possa levar a uma solução pacífica.

Dia 43 – Singularidade
Dale Carnegie diz que a maior necessidade das pessoas é de amor e aprovação.
-> Elogie, cumprimente e honre a singularidade de ao menos cinco pessoas hoje. Note o impacto positivo que isto causa em virtude da valorização da individualidade de cada um.

Dia 44 – Cooperação
Quando trabalhamos juntos, somos mais fortes do que quando trabalhamos sozinhos.
-> Hoje, encontre um modo eficaz de cooperar mais com as pessoas da sua família ou trabalho, escola ou comunidade. Faça algo.

Dia 45 – Auto-domínio
César Chavez, um organizador de recursos humanos, ensina: “Se você emprega a violência, precisa vender parte de si mesmo para essa violência. Você não é mais mestre do seu próprio esforço”.
-> Respire fundo, silenciosamente, contando regressivamente de dez a zero para acalmar-se e esfriar antes de falar ou agir com impaciência ou raiva. Faça isto ao menos uma vez hoje.

Dia 46 – Compaixão
Madre Teresa nos pede: “Encontre alguém que pensa que está sozinho e faça-o saber que não está”.
-> Hoje, faça o que Madre Teresa pede.

Comunidade
A não violência nos desafia a defender a verdade agindo deforma a honrar a dignidade e o valor de cada ser humano.

Dia 47 – Desarmamento
Hoje converse com alguém sobre como seria o mundo se não existissem armas nem a necessidade delas. Imagine um mundo assim.

Dia 48 – Ecologia
Valorize a terra conservando os recursos naturais e evitando comprar produtos que destruam as florestas ou as forças de trabalho.
-> Pratique a reciclagem hoje, usando ao menos um produto reciclado ou reciclando um produto.

Dia 49 – Homenagem
Albert Einstein disse que: “Há apenas duas maneiras de viver sua vida. Uma é viver como se nada fosse um milagre. A outra é viver como se tudo fosse milagre”.
-> Hoje, antes de cada refeição, pare para homenagear todas as mãos que trouxeram esse alimento a você e abençoe a terra por sua fertilidade.

Dia 50 – Escolha
Esteja atento hoje a todas as piadas e comentários que mostram desrespeito em relação a grupos étnicos, mulheres ou homens, classes de pessoas, grupos religiosos, gays ou lésbicas. Tenha consideração pela dignidade de cada pessoa e escolha não participar de conversas desrespeitosas.

Dia 51 – Advogar
“Quando alguém resiste à violência”, diz Thich Nhat Hanh, “libera-se uma força de mudança. Cada ação para a paz exige que alguém mostre a coragem de desafiar a violência e inspirar o amor”.
-> Hoje, seja um aliado. Sem culpar ou julgar os outros, defenda aqueles que estão sendo desrespeitados.

Dia 52 – Igualdade
Você já notou os grupos de pessoas sub-representados em suas atividades e estilo de vida?
-> Hoje, encontre um modo de estabelecer laços com alguém pertencente a uma dessas minorias.

Dia 53 – Ação
“Cada um de nós pode trabalhar para mudar uma pequena parte dos acontecimentos, e a soma total de todas essas ações ficará escrita na história desta geração; disse Robert Kennedy.
-> Hoje, encontre um modo de fazer uma pequena mudança que contribua para o bem-estar na sua casa, escola, local de trabalho ou comunidade.

Dia 54 – Doação
“Pratique a generosidade partilhando tempo, energia e recursos materiais com aqueles que necessitam”. Limpe seu armário, vasculhe as gavetas, a garagem. Há coisas que você não usa e que poderiam ser de valia para outras pessoas?
-> Hoje, doe algo que você não usa mais.

Dia 55 – Responsabilidade
A qualidade de sua comunidade começa por você. Assuma responsabilidade pela qualidade de sua comunidade onde quer que você esteja. Recolha o lixo, mesmo que não seja seu, seja em casa, no escritório ou na rua. Mesmo um pedacinho de papel a menos já é uma ajuda.

Dia 56 – Autossuficiência
As pessoas precisam da dignidade do trabalho e da oportunidade de prover suas necessidades e de suas famílias. Autossuficiência econômica é um dos requisitos para se ter um mundo não-violento.
-> Hoje, crie um emprego para alguém ou ajude alguém a encontrar um emprego (exemplos: ajude a escrever um currículo ou preencher um pedido de emprego, ajude a fazer telefonemas, vestir-se apropriadamente, ensaiar a entrevista.)

Dia 57 – Serviço
O Dr. Martin King Jr, disse: “Todos podem ser grandes… porque qualquer um pode servir… Só é preciso um coração cheio de graça e uma alma gerada pelo amor”. Torne-se um voluntário e dê ao menos duas horas de serviço por mês para uma organização da sua escolha. Partilhe seu compromisso com ao menos uma pessoa.

Dia 58 – Cidadania
Robert Muller, ex-secretário geral assistente das Nações Unidas, nos exorta: “Use cada carta que escreve, cada conversa, cada reunião a que comparece para expressar suas crenças e sonhos”.
-> Hoje, mande um e-mail ou escreva para um membro do poder legislativo dizendo o que pensa.

Dia 59 – Intervenção
O uso de drogas e álcool são ambos causa e consequência da violência.
-> Hoje, tenha a coragem de intervir de forma respeitosa junto a alguém que está usando álcool ou drogas. Comunicando-se de forma honesta e direta, motive essa pessoa a procurar informação, ajuda e a ficar sóbrio e livre das drogas.

Dia 60 – Testemunho
“Nós somos os laços uns dos outros”, escreve a poetisa Gwendolyn Brooks. Aqueles que praticam a não violência não podem fechar os olhos à injustiça e à crueldade. Estamos aqui para sermos testemunhas da justiça e da compaixão.
-> Hoje esteja disposto a defender a Verdade através de sua presença, suas palavra e suas ações.

Dia 61 – Paz
Escreve uma criança de 11 anos. “Paz é um pensamento especial ou um amor ou luz ou fagulha especial que todos partilhamos dentro de nós”. Thich Nhat Hanh escreveu: “Pratique regar sementes de alegria e paz e não apenas sementes de raiva e violência, e os elementos de guerra em todos nós serão transformados”.
-> Hoje, escolha reagir a cada experiência com uma intenção de paz.

Dia 62 – Compromisso
Gaste cinco minutos pensando sobre seu compromisso com a não violência. Escreva o que significa para você e o que você está disposto a fazer como consequência deste seu compromisso. Torne esse compromisso público falando sobre ele com ao menos duas pessoas.

Dia 63 – Soltar
Diz um provérbio sufi: “Quando o coração chora pelo que perdeu, o espírito sorri diante do que encontrou”.
-> Hoje olhe para trás e veja o quanto caminhou durante esta jornada de 64 dias. Solte o peso do passado, os julgamentos que fez de si e dos outros, e a ideia de que a paz mundial não é possível, reconhecendo que você faz diferença.

Dia 64 – Celebração
-> Hoje, se alegre com o trabalho que fez. Celebre a jornada que você realizou, junto com tantos outros, que acreditam que cada indivíduo pode mover o mundo na direção da paz com suas escolhas e ações não-violentas. “Nunca duvide que um pequeno grupo de cidadãos atentos e empenhados podem mudar o mundo. (Margaret Mead).

 

Fonte: Comitê da Paz
Imagem: Freepik

©2020 Apae-BH. Desenvolvido por Sintext.

Navegue pelo site:
Share This

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?