Há exatamente um ano tinha início no Centro Especializado em Reabilitação Antônio de Oliveira – CER IV Contagem/APAE-BH o atendimento de habilitação/reabilitação da pessoa com deficiência visual.

Em 12 meses, o serviço, oferecido por meio de uma parceria entre a Apae-BH e a Prefeitura de Contagem/Secretaria de Saúde, acolheu 257 usuários, de bebês a idosos, encaminhados pela Unidade Básica de Saúde (UBS) do município, e prestou nada menos que 1895 atendimentos.

Os usuários encaminhados pela UBS ao CER IV são pessoas que possuem cegueira em um olho e visão subnormal em outro, cegueira em ambos os olhos ou visão subnormal em ambos os olhos. O serviço possui uma equipe multiprofissional formada por oftalmologista, assistente social, psicóloga, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, técnico de orientação e mobilidade e pedagoga.

Passo a passo do atendimento

A oftalmologista avalia a necessidade de tratamento clínico ou cirúrgico, de prescrição das órteses, próteses e de meios auxiliares de locomoção (OPM visual) e a pedagoga executa o treinamento e a adaptação dos equipamentos. Posteriormente, dependendo da necessidade, é feita a solicitação do recurso para o(a) usuário(a). Além disso, a fisioterapeuta e a terapeuta ocupacional capacitadas em deficiência visual fazem a avaliação da visão funcional do(a) usuário(a) e coletam dados quantitativos e qualitativos, sobre o desempenho e o uso funcional da visão. A avaliação pelos demais profissionais da equipe multiprofissional é feita de acordo com a demanda de cada usuário(a) com intuito de eliminar e/ou minimizar o impacto da perda visual no seu desenvolvimento global e na sua funcionalidade.

Após concluir o processo de avaliação, os profissionais elaboram o Projeto Terapêutico Singular (PTS) de acordo com as necessidades de cada usuário (a), familiares e/ou cuidadores. Nesse momento, é elaborado o programa de tratamento, incluindo as metas e estratégias, respeitando-se as necessidades de cada usuário(a). Para que seja efetivo, o processo de habilitação/reabilitação é realizado semanalmente, de forma individual e/ou em grupo.

Após a elaboração do Projeto Terapêutico Singular, a continuidade do processo de habilitação/reabilitação envolve estimulação visual; adaptação e treinamento do uso correto dos auxílios ópticos e não ópticos, bengala e prótese ocular; treino de orientação e mobilidade; treino das atividades de vida diária, como, por exemplo, alimentação, vestuário, higiene pessoal e autocuidado; treino das atividades de vida prática, uso de tecnologia assistiva, , uso do transporte, administração financeira, dentre outros; atendimentos especializados (leitura e escrita em Braille ).

“O serviço de habilitação/reabilitação visual no  Centro Especializado em Reabilitação Antônio de Oliveira – CER IV Contagem/APAE-BH é algo novo para os municípios e usuários de Contagem, Sarzedo e Ibirité. O serviço dessa modalidade era centralizado somente no município de Belo Horizonte, onde todos os usuários que possuem baixa visão ou cegueira eram encaminhados para fora da sua região de saúde.

Segundo dados do IBGE de 2010, no Brasil, há mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, justificando a importância de serviços especializados como este que oferecemos.

Neste um ano de serviço, deparamos com muitos desafios e alegrias. Desafios por ser um serviço novo, que ainda está sendo organizado e estruturado, e muitas alegrias por sermos reconhecidos pelos usuários como um serviço que oferece o que eles precisavam. São muitos os depoimentos de satisfação, melhora da autoestima e maior independência. É muito gratificante saber que, nesse pouco tempo, conseguimos contribuir para a mudança de vida de muitas pessoas.

Neste novo ano, temos como objetivo atender uma maior quantidade de usuários, uma vez que o serviço está sendo direcionado para o município. Além disso, há propostas de grupos e projetos com o objetivo de aproximar, trocar experiências, vivências e aprendizados, no intuito de fortalecer e ajudá-los a enfrentar o dia a dia, visto que a sociedade ainda não está preparada para incluir de forma efetiva as pessoas com deficiência visual.”

Ana Carolina Moreira de Souza Santos, gerente da Reabilitação Visual – CER IV

©2020 Apae-BH. Desenvolvido por Sintext.

Navegue pelo site:

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?