Estoma é a exteriorização de uma parte do intestino ou do sistema urinário que é fixada na parede do abdômen, podendo ser intestinal ou urinário. Esse procedimento é realizado no centro cirúrgico em decorrência de algumas patologias, e é necessário para permitir a saída de fezes e urina (SES;2015).

O estoma é classificado de acordo com a sua localização e pelo tipo de eliminação presente, fezes ou urina. Pode, também, ser denominado colostomia, ileostomia e urostomia. A substância que sai do estoma (fezes ou urina) muitas vezes é corrosiva e agride a nossa pele, o que torna necessária a utilização da bolsa coletora, dispositivo constituído por um saco plástico e uma placa adesiva, fixada no abdome em torno do estoma para armazenar os resíduos fisiológicos e proteger a integridade da pele ao redor do estoma (BORGE, RIBEIRO;2015).

As bolsas coletoras são disponibilizadas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Por existirem vários tipos de bolsa, é necessário que um profissional capacitado faça uma avaliação para definir qual bolsa é mais indicada ao paciente. Para tanto, são levadas em consideração as características do estoma, o material eliminado, a idade e o estilo de vida do paciente (SES,2015).

O Centro Especializado em Reabilitação Antônio de Oliveira – CER IV/ APAE-BH oferece o serviço aos usuários estomizados desde abril de 2019, atendendo cerca de 300 usuários da Região de Saúde de Contagem, que engloba Ibirité e Sarzedo. O atendimento é por demanda espontânea e é agendada uma consulta com o enfermeiro, no próprio estabelecimento.  Durante o acolhimento, são avaliadas as características físicas do abdome, o local da confecção, o tipo de estoma, a mobilidade do usuário, e observa-se a pele ao redor do estoma, se há presença de dermatites. Após esta avaliação e a escuta qualificada, é possível indicar a bolsa mais adequada. O enfermeiro também direciona o usuário, de acordo com a necessidade, para outra especialidade.

O CER IV / APAE BH conta com uma equipe multidisciplinar composta por um médico cirurgião, dois enfermeiros, um técnico em enfermagem, uma psicóloga e uma nutricionista, com o objetivo de atender os usuários de forma singular e de acordo com suas particularidades, desenvolvendo o autocuidado. Como resultado, há uma melhoria da qualidade de vida dos usuários.

 Referências:

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Apae-BH. Desenvolvido por Sintext.

Navegue pelo site:

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?