Ações de Aprendizagem e Educação Inclusiva

Programa Ações de Aprendizagem e Educação Inclusiva

Escola Especial Oficina Sofia Antipoff

O Programa “Ações de Aprendizagem e Educação Inclusiva” corresponde ao conjunto de ações, procedimentos e estratégias especializadas voltadas para a garantia do percurso escolar e aprendizagem efetiva das pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Essas ações são desenvolvidas na Escola Especial Oficina Sofia Antipoff, mantida pela entidade, e tem início aos 6 anos de idade para os anos iniciais do ensino fundamental e a partir dos 15 anos para a Educação de Jovens e Adultos, anos iniciais e finais. A enturmação do usuário é definida após avaliação multidimensional. 

A cada ano, os profissionais da Escola definem um tema entre aqueles considerados mais necessários durante o ano anterior. Esse tema torna-se, então, a matriz de todas as ações e projetos desenvolvidos ao longo do ano. Toda a proposta pedagógica da Escola Especial da APAE-BH tem como objetivo o desenvolvimento integral do sujeito com deficiência intelectual e múltipla.

Organização da Escola:

  • Ensino Fundamental – Anos iniciais
  • Educação de Jovens e Adultos – Anos iniciais e finais (1º, 2º e 3º períodos).

Disciplinas ministradas na EJA – Educação de Jovens e Adultos    

  • Português
  • Matemática
  • Geografia
  • História
  • Ciências
  • Informática (como atividade complementar)
  • Educação Física (como aula especializada para os anos iniciais)
  • Inglês (apenas para EJA Anos Finais)

Nos EJA Anos Iniciais e EJA Anos Finais, é utilizado a proposta das oficinas práticas com Atividades Diversificadas, Culinária, Sabonete, Bijuteria e Artes.  

Atividades desenvolvidas:

  • Formação continuada de professores, de forma direcionada, com temas específicos e de acordo com a necessidade do processo pedagógico;
  • Acompanhamento da elaboração dos relatórios pedagógicos, das atividades pedagógicas e dos projetos dentro da metodologia da pedagogia de projetos;
  • Atualização dos diários, elaboração do planejamento semanal e dos relatórios trimestrais,
  • Organização do fluxo de trabalho, acompanhando as oficinas práticas realizadas na Educação de Jovens e Adultos (EJA). 
  • Realização de reuniões do setor sobre as ações socioassistenciais, com discussão de casos, acolhimento, acompanhamento e realização de visitas domiciliares, quando necessário;
  • Atuação junto à equipe multidisciplinar da Clínica Intervir, da APAE-BH, através de discussão de casos e de intervenções que viabilizem o melhor desenvolvimento do educando;
  • Atendimento diário de pais, professores e demandas institucionais;
  • Construção, intervenção e acompanhamento do PDI – Plano de Desenvolvimento Individual de cada aluno, com reavaliação a cada três meses juntamente com a família;
  • Desenvolvimento de projetos, utilizando a metodologia do Currículo Funcional Natural (metodologia que propõe ensinar pessoas com deficiência intelectual e autismo, conhecimentos e aptidões que possam ser utilizados pelo estudante em vários espaços e, consequentemente, tornem-se úteis em sua vida, para que sejam mais autônomos, produtivos e felizes). Esta metodologia foi utilizada com seis alunos diagnosticados com espectro autista e contou com a participação de seus pais.

Contato:  

Telefone: 3489-6953

Email: escola@apaebh.org.br

Lucianna Gontijo – Diretora da Escola Ofina Sofia Antipoff

Ajude a APAE-BH a ajudar:

©2017 Todo direito reservado - APAE-BH 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?